Blog Página 4

Os melhores álbuns de música sertaneja de 2017

0

Cá estamos nós novamente para escrever sobre os melhores CD’s de música sertanejo do ano passado. Foram muitos os lançamentos em 2017, escolhi cinco discos que achei muito interessantes para comentar abaixo sem rankings e gosto pessoal.

Eduardo Costa – “Na Fazenda”

– O formato acústico, intimista, simples e com muita qualidade, coloca o novo álbum do Eduardo CostaNa fazenda” com voz e violão entre os melhores discos do ano passado. O cantor trouxe sucessos da música sertaneja das décadas de 90 e 2000 como: “Saudade” (Chrystian e Ralf), “Feito eu” (Chitãozinho e Xororó), “Nos bares da cidade” (Rick e Renner), entre outras e “Seguindo no trem azul” (do Roupa Nova) que ficou bem legal na voz do cantor. O “Na fazenda” trouxe os cantores Dell Cavalini e Alex e a dupla Cleiton e Romário, todos amigos do cantor para participar desse projeto no Haras de Eduardo Costa.

Esse CD é daqueles pra ouvir no churrasco bem a vontade com os amigos e a família tomando aquela cerveja e curtindo uma viagem dentro da música sertaneja ao som de um dos cantores mais carismáticos do gênero.

Produção Musical: Romário Rodrigues, Eduardo Costa e Leandro Porto

Chitãozinho e Xororó – “Elas em evidências”

– “Elas em evidências” dos mestres Chitãozinho e Xororó reuniu as mulheres em um novo projeto que foi lançado no final de 2017. O álbum que era pra ser um registro do show da turnê “Evidências” foi reformulado. Devido ao sucesso monstruoso das mulheres dentro da música brasileira, os sertanejos reuniram as pressas algumas cantoras sertanejas e da nova MPB para compor o time feminino no álbum que trás “elas” cantando sucessos de Chitãozinho e Xororó como: “Evidências“, “Fio de cabelo“, “Alô“, “Pode ser pra valer“, entre outras canções.

As convidadas foram: Simone e Simaria, Maiara e Maraisa, Paula Fernandes, Bruna ViolaTânia Mara e Marília Mendonça no time sertanejo e Alcione, Ana Clara, Anavitória e Kell Smith no time da MPB. Destaco “João e Maria” com Ana Clara, “Chovendo na roseira” com Anavitória e uma roupagem fenomenal de “Era uma vez” com Kell Smith.

Produção Musical: Cláudio Paladini

Victor e Leo – “Na luz do som”

– Aos fãs da música sertaneja e da dupla Victor e Leo, um ótimo presente de fim de ano (no caso de 2017). A dupla lançou seu décimo terceiro álbum “Na luz do som” com a identidade e sonoridade característica da dupla e de seus melhores álbuns. Os irmãos que enfrentaram um ano de 2017 atípico com problemas familiares mostraram nesse último álbum de carreira lançado a força da dupla e da marca Victor e Leo. Podemos sentir e ouvir as verdades nas letras do Victor Chaves, a entrega do Léo na primeira voz e é claro o mix de gêneros nos arranjos e na produção do próprio Victor.

Nesse álbum podemos encontrar as belas letras com guitarra distorcida, elementos do blues com o tradicional acordeon sertanejo. “Na luz do som” música atualmente trabalhada nas rádios é fantástica e ganhará um clipe a altura de sua letra. “Senhorita“, “Valsa do vento” e “In Love“.

Produção Musical: Victor Chaves

Edson e Hudson – “Eu e você de novo”

– “Eu e você de novo“, ao vivo em Goiânia é certamente um dos melhores álbuns de toda a carreira de Edson e Hudson. Depois de altos e baixos, a separação, a dupla se repaginou e voltou com tudo ao mercado com um disco pra lá de bom. Trouxe Luan Santana, Lauana Prado e Jorge e Mateus pra abrilhantar e emocionar os fãs da dupla e da música sertaneja.

Nesse novo álbum podemos encontrar os sucessos de todas as fases da dupla como: “Azul“, “Ciúme Exagerado“, “Rabo de saia“, “Fala“, “Foi você quem trouxe” e “Foi Deus” e as inéditas “Contrato“, “Eu e você de novo“, “Trair é bom mas é pecado“, “A chama” e “Não deixo não” incluem Edson e Hudson nos melhores discos do ano para o “Blog do Modão“.

Produção Musical: Ricardo Gama

Bruno e Marrone – “Ensaio”

– Depois de 6 anos, Bruno e Marrone voltam a lançam um álbum recheado de canções inéditas (22 no total), no formato acústico, intimista e com muitas canções boas. O álbum “Ensaio” aposta em canções de compositores da nova geração, a dupla trouxe os elementos sonoros da nova música sertaneja e com letras falando em (des)amores, faixas totalmente inéditas e algumas canções com visibilidade regional como: “Enquanto eu brindo cê chora(que foi a primeira música de trabalho do novo disco).

Apesar de não ouvirmos toda aquela entrega do Bruno que estamos acostumados em ouvir nos discos anteriores, o álbum todo é gostoso de se ouvir e tem uma qualidade fenomenal. Destaco além da canção citada acima, “Beijo de varanda“, “Trégua (eu quero trégua)“, “Perfume“, “Não me deixa saber“, “Chega de nove hora (me escuta)” e “Na conta da loucura“.

Produção Musical: Eduardo Pepato

Zé Henrique e Gabriel – “Histórico”

– O que parecia ser uma festa total (que realmente foi) se tornou em um último álbum da dupla Zé Henrique e Gabriel. No final de 2017 eles anunciaram a separação da dupla a partir de abril de 2018 e o último disco da carreira realmente foi “Histórico“. Um dos melhores álbuns de 2017 de música sertaneja para esses caras que merecem todo o respeito da classe e dos fãs.

Conseguiram reunir os grandes nomes do sertanejos: Zezé di Camargo e Luciano, Chitãozinho e Xororó, Marília Mendonça, Maiara e Maraisa, Gusttavo Lima, Paula Fernandes, Henrique e Juliano, Matheus e Kauan, Daniel e Bruno e Marrone, ainda mais, todos os citados acima gravaram canções eternizadas da dupla e algumas inéditas. O prestígio e respeito de Zé Henrique e Gabriel é imensurável, a dupla fez história e fará falta sim dentro do mercado com o talento de sempre.

Destaco as inéditas “Quase amor“, “Casa comigo“, “Coração Bipolar” e “Instinto animal” com Chitão e Xororó.

Produção Musical: Enoque Rodolfo

5 CD’s independentes de música sertaneja que se destacaram em 2017

0

Começando a epopeia dos “melhores e piores do ano”, abaixo temos o primeiro texto com os “Álbuns independentes de música sertaneja que se destacaram no ano de 2017“. Sem delongas e rankings, cito a inserção de alguns artistas no mercado sertanejo e a evolução de outros com bastante experiência no mercado. Artistas de diversas regiões do país que querendo ou não fazem um “certo” barulho regionalmente e até mesmo nacionalmente com seus álbuns lançados de forma independente e que foram tomando proporções não esperadas.

Rick e Rangel – “Infinity”

– Diretamente de Brasília, o ano de 2017 brilhou na carreira da dupla Rick e Rangel. O álbum “Infinity” gravado na capital federal deu um “boom” na carreira da dupla que está desde 2010 no mercado sertanejo. Cantores e compositores de mão cheia, Rick e Rangel convidaram Marília Mendonça, Guilherme e Santiago, Maiara e Maraisa, Mano Walter, Felipe Araújo, Luiza e Maurílio e o padrinho Gusttavo Lima para somar nesse novo projeto que trouxe além de regravações e músicas autorais inéditas, a faixa “Pen Drive de Modão” que é sucesso na internet e nas rádios.

Destaque também para a faixa “Será que cê deixa(música atualmente trabalhada nas rádios), “Dedinho Podre“, “Vai ser feliz“, “Guenta coração” e as imitações em “Último Adeus“.

Produção Musical: Rick Azevedo

Max Moura e Cristiano – “Lá em Bonito”

– 2017 foi o ano das gravações de DVD com cenários inimistas e inusitados. O novo álbum de Max Moura e Cristiano foi inovador, gravado no paraíso natural que é a cidade de Bonito (interior de Mato Grosso do Sul), a dupla que reside em Campo Grande reuniu alguns sucessos da carreira e canções inéditas além da participação dos conterrâneos Bruninho e Davi na canção “Beijo tipo chiclete“.

Músicas românticas e animadas com o charme da voz grave da dupla, trás a identidade de Max Moura e Cristiano para reconhecimento de todo o Brasil através das redes sociais e de seu produtor e sócio Dudu Borges. Coube a Dudu a responsabilidade de produzir o áudio do álbum “Lá em Bonito“. Destaco as faixas: “Aonde tá o problema“, “Vazio obsoleto“, “Rota de fuga“, “Calem-se para sempre“, “Na varanda” e “Vai e vem“.

Produção Musical: Dudu Borges

Diego e Victor Hugo – “Ao Vivo em Uberlândia”

Uberlândia nas Minas Gerais é a casa de uma das apostas da música sertaneja para o próximo ano com a dupla Diego e Victor Hugo. Os jovens cantores que também são compositores de mão cheia, reuniram vários amigos para a gravação do álbum “Ao Vivo em Uberlândia” como: Henrique e Juliano, Maiara e Maraisa, Jads e Jadson, Bruno e Marrone e Gusttavo Lima.

O novo álbum é inédito e conta apenas com um pout pourri de regravações de clássicos sertanejos, aponto: “Baladeiras“, “Sem contraindicação“, “Um alvo“, “Um gole vai, um gole vem“, “Bar de esquina” e “Subtraindo” como as canções destaque do álbum.

Produção Musical: Júnior Melo

Hugo e Guilherme – “No pelo”

Hugo e Guilherme, que orgulho ouvir esse novo trabalho ade vocês. A dupla reuniu vários sucessos da música sertaneja e da música brasileira da década de 2000 em um CD “no pelo“, como assim, pois é, o álbum foi gravado meio que “cruzão” não usando muito recursos tecnológicos em sua produção. Lógico que existe uma coisa aqui ou outra ali, mas a sonoridade da mix e da master faz transparecer que o áudio seja apenas o famoso acústico no cru, no “pelo”.

O álbum como disse acima é quase todo regravação mas tem a inédita “Conveniência” e a não tão inédita “Deslumbrante(que é boa também) 🙂.

Produção Musical: Marcos Paulo

Cleber e Cauan – “Resenha”

– Sejam todos bem vindos a Resenha do Cleber e Cauan onde menos é mais. Bora então falar sobre esse álbum “extourado”. Gravado em Goiânia, naquele formato mais intimista e simples possível simulando um luau, a dupla reuniu alguns sucessos da carreira como “Onde há fumaça há fogo” e “Sonho“, juntou com regravações e participações (Israel e Rodolffo, Thaeme e Thiago, Fernando Zor, André e Andrade, Gian e Tribo da Periferia) e apresentou a todo o Brasil esse lindo álbum acústico com a linda canção e hit “Quase“.

Produção Musical: Jonas Paixão

OUÇA no Spotify: Músicas de natal cantadas por artistas sertanejos

0

Sabe aquelas tradicionais canções de natal que nascemos e crescemos ouvindo? Pois bem, reuni algumas delas interpretadas por artistas sertanejos na playlist do blog no Spotify.

Confira abaixo e aproveite também para seguir a playlist do blog que toda semana é atualizada com lançamentos da música sertaneja.

Assista “Briga Temporária”: a nova música dos gaúchos Sandro e Cícero

0

Diretamente de Santa Maria no interior do Rio Grande do Sul vêm a dupla Sandro e Cícero e com eles um DVD repleto de novidades.

A dupla gravou um DVD com 12 músicas e logo de cara já firmou uma parceria com a Sony Music para a distribuição digital de suas canções e um canal exclusivo da dupla na Vevo.

A música “Briga Temporária” é a primeira faixa do DVD “Ao Vivo em Santa Maria” a ser trabalhada na internet e nas rádios. A dupla já é a número um em execuções no Spotify dentro do Rio Grande do Sul e para 2018 promete agitar o cenário da música sertaneja sulista almejando novos mercados para o centro sul do país.

Chega ao fim o projeto “Cabaré” de Leonardo e Eduardo Costa

0

As últimas apresentações ocorrem no final desse mês. A cidade de Peruíbe (em São Paulo) terá o privilégio de encerrar o ciclo do projeto “Cabaré” no dia 29 de dezembro.

É de fato que, por meio de uma brincadeira com uma cachaçada entre os amigos Eduardo Costa e Leonardo surgiu então, o maior projeto de música sertaneja (depois do lendário “Amigos” da Rede Globo) dos últimos anos.

O “Cabaré” da Talismã e do Brasil levou quase 10 milhões de pessoas, percorrendo os maiores eventos do país entre rodeios, feiras agropecuárias, corporativos, rádios, tv’s, internet, etc… e etc… ou seja, foram três anos de puro sucesso, empregando muitas pessoas direta e indiretamente e levando ao público um verdadeiro espetáculo em um dos shows mais luxuosos e caros do show business brasileiro.

Foram 02 CD’s e DVD’s, com recorde de vendas e execuções em rádio e streming. A partir de 2018, Leonardo e Eduardo Costa seguem em suas carreiras individuais sem brigas, receios, nem nada, foi apenas um projeto bem feito e executado na hora certa, na hora em que a música sertaneja estava virando uma bagunça, sem novidade, caindo no ostracismo e eis então que surgem várias uniões entre artistas consagrados (assim como o próprio “Cabaré“, “Clássico“, “Amizade Sincera” e o “Encontro do Zezé di Camargo e Luciano com Victor e Leo).

Abaixo um depoimento do Eduardo Costa sobre o fim do projeto:

Show em Barreiras/BA com a emoção dos cantores:

Ah! Aos fãs da dupla e do projeto, não se desesperem! Há uma grande possibilidade da volta do projeto para 2019.

Thaeme e Thiago lançam novo clipe gravado em supermercado

0

Com Vocês, Eu” é a nova música de trabalho da dupla Thaeme e Thiago com direito a clipe gravado dentro de um supermercado. É isso mesmo, a dupla captou as imagens durante a madrugada e contou com figurantes dançando uma coreografia criada pelo famoso grupo de dança FitDance.

A canção “Com Vocês, Eu” é super divertida e tem a cara de Thaeme e Thiago que ainda, preparam um CD com músicas inéditas para o começo do próximo ano. A faixa estreou hoje nas plataformas de streaming e no YouTube e traz na sua composição Maycow Melo, Bruno Mandioca, Montenegro, Henrique Casttro e Elvis Ellan.

Assista “Beba Beba”: a nova música de Jeann e Julio

0

Jeann e Julio liberaram o primeiro vídeo do novo DVD gravado recentemente em um “castelo” no interior do Paraná.

A canção “Beba Beba” teve a participação de Thaeme e Thiago e mostra bem o estilo da dupla com suas músicas dançantes, letras chicletes e com excelente qualidade vocal e produção.

O cenário é um dos mais belos que já vi dentro da música sertaneja. O castelo fica em Marilândia do Sul no Paraná e foi construído na década de 40 sendo referência histórica da região.

O DVD também contou com participações de Naiara Azevedo e Jads e Jadson. É de fato que, Jeann e Julio estão há anos no mercado sertanejo produzindo, compondo e nos apresentando músicas de qualidade fortalecendo ainda mais a carreira da dupla e o cenário da música sertaneja.

DUELO – “Pegada que desgrama” qual a melhor versão, Naiara Azevedo ou Carlos e Jader

0

“…E uma pegada que desgrama aaaaaaa aaaaaa…” pensa no refrãozinho que fica na cabeça 🙂

Naiara Azevedo lançou na última sexta (01) a canção “Pegada que desgrama” como a nova música de trabalho da cantora. A faixa foi produzida pelo Blener Maycom e trás Thiago Rossi, Nicolas Damasceno e Rafael Borges como os compositores. “Pegada que desgrama” vem no estilo característico da Naiara com sua bachata e o arrochinha com direito ao que faz lembrar do arranjo da “50 reais” nos segundos finais da música.

Muda-se o nome mas a canção é a mesma. “Uma Pegada Que Desgrama” com Carlos e Jader foi lançada pela dupla em março desse ano, canção na qual faz parte do álbum “Ensaio Acústico“. A potência na voz da dupla é sem palavras, muito talento mesmo! Confira abaixo: